sábado, 27 de julho de 2013

BELÍSSIMA OURO PRETO!



 Ouro Preto é uma cidade de amores e o clima da poesia que paira no ar dá vida àquelas ladeiras. Podem rir se quiserem, mas sempre que passeio por ali fico com o cancioneiro de Marília de Dirceu, de Tomás Antônio Gonzaga, reverberando em minha cabeça. Um deleite interior para mim, que nessas horas agradeço às professoras de literatura que tive quando adolescente que me faziam decorar poesias como exercício de memória. Elas tinham razão quando diziam que em alguns momentos da vida lembrar-nos de belos versos de cabeça seria como um presente. 


A cidade é linda, limpa, perfeita pra se ir com quem ama, é como se estar fora do seu tempo, fora da sua realidade...Tenho lembranças magníficas, bateu uma saudade tão forte daquele lugar que até me emocionei , vontade de voltar lá , desta vez com meu marido mostrar tudo, tudinho , subir cada ladeira comentar a historia de cada casarão, comer aqueles quitutes maravilhosoooos...comer tanto doce de leite mais tanto...o melhor doce de leite da galaxia...é tanta coisa...mas tanta coisa.
Achei um pen drive antigo...e nele continha umas fotos de lá que eu mesma fiz .



Explorei e mto esta fábrica....kkkkkkkkk.

Ahhh se aquelas ladeiras falassem... mas espere! Elas falam. Falam através de sua arquitetura, daquilo que lhes restou, de como o tempo as conservou. Elas falam através das pessoas que as sobem e descem – e às vezes também por elas escorregam! Elas falam, falam diretamente aos nossos corações quando olhamos para elas e suas construções tão antigas e nos remetemos a outros tempos. Elas nos falam quando chegamos lá em cima em seus topos e nos emocionamos com a vista maravilhosa das montanhas com o Pico do Itacolomi bem ali desenhadinho. O velho e o novo tudo misturado. É poesia ambulante por cada cheiro que sentimos, por cada telhado que vemos, e por cada pedra que pisamos.






 






Termino aqui as minhas novas impressões sobre Ouro Preto ansiosa pela minha próxima ida à cidade. Quantos segredos mais a antiga capital de Minas Gerais ainda nos guarda? Só tem um jeito de descobrir....

É tanta coisa que esta postagem está incompleta...é só um desabafo pra remediar a saudade do lugar...Grande bjo, espero que tenham gostado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário